1
Ser editor

Seria incerto o futuro do peer review na comunicação científica?

Há um debate importante se desenvolvendo há alguns anos sobre a instituição do peer review, que aponta para os seus limites e esgotamento. Há muitas discussões em torno do assunto há muitos e muitos anos se identifica a lentidão na obtenção de parereces, os seus custos e a falta de transparência  do processo (ver, por exemplo, o caso dos autores que avaliavam os próprios artigos) como deficiências naturais que se tornam a cada dia mais difíceis de serem transpostas.

Circulam propostas de revisão do peer review como instituição central do processo de comunicação científica. Também começam a surgir projetos editoriais que descartaram o processo, dando à comunidade científica o poder de filtrar a qualidade dos dados e dos trabalhos publicados, em práticas de post review.

O Scielo em Perspectiva trouxe essa discussão em um post interessante sobre o que está acontecendo, com o relato de uma dessas experiências:

EISEN, M. and VOSSHALL, L.V. Associando Pre-Prints e Revisão por Pares Pós-Publicação para Publicação Científica Rápida, Barata e Efetiva [Publicado originalmente no blog “it is not junk” de Michael Eisen]. SciELO em Perspectiva. [viewed 26 February 2016].

Eu recomendo a leitura…

 

Padrão

Deixe uma resposta